PGA TOUR
CHAMPIONS TOUR
WEB.COM TOUR
PGA TOUR CANADA
PGA TOUR CHINA
[ Español ] [ English ] [ Português ]

PGA TOUR Latinoamérica, um mundo de oportunidades

21 países estiveram representados na Bridgestone America's Golf Cup.

Jorge Salvatierra e Sebastián MacLean, da Bolivia (E.Berardi/PGA TOUR)

Buenos Aires, Argentina (27 de Outubro de 2014) .- Aqui a oportunidade não tem lugar ou favoritismo. Aqui, a oportunidade não tem sotaque. 

Regularmente o PGA TOUR Latinoamérica é o berço de jogadores de uns 25 países. Com o objetivo de dar oportunidades para aqueles que não teriam de outra maneira, este é um Tour de Desenvolvimento no amplo sentido da palavra. 

A cada semana os jogadores do PGA TOUR Latinoamericano despem suas almas e abrem seus corações. Suportam a nostalgia, as barreiras liguísticas e as exigências de novas culturas, mas sempre rumo ao crescimento. Em resumo, os jogadores miram longe. Longe é a distância que viajam e muito é o tempo que ficam fora de casa. Longe fica a facilidade de se comunicar como quando estão em casa. E longa é a duração deste Tour para as carreiras destes jogadores. 

O objetivo deste Tour é subir para nunca mais voltar. E neste processo as oportunidades crescem ainda mais. Com jogadores de 21 países representados na Bridgestone America’s Gold Cup nesta semana em Buenos Aires o impacto foi tão grande como em cada semana.

“Acredito que fizemos muitos amigos nesta semana”, disse o jogador de Zimbábue Bruce McDonald. “Você conhece muitos garotos do mundo todo e acaba aprendendo sobre o golfe e como as coisas funcionam no mundo todo. Somos todos de lugares muito diferentes mas a amizade entre todos é algo em comum.”

“Estar com jogadores do mundo todo durante esta semana foi muito especial, porque além do mais são jogadores com quem joguei nos últimos anos como amados”, disse Sebastián MacLean, da Bolivia. “Muitos são meus amigos, mas o mais importante é que o PGA TOUR Latinoamérica nos abre portas. Antes a gente se olhava e dizia ‘Somos bons jogadores e temos de ir de qualquer maneira jogar em outros países’, mas agora temos tudo aqui, tudo neste Tour. Temos oportunidades. Já começou e agora uma grande quantidade de jogadores chegarão ao melhor nível do esporte depois de ter jogado neste Tour.”

Enquanto os jogadores do PGA TOUR Latinoamérica sobem ao próximo nível de competição, a experiência adquirida nestas diferentes culturas é um benefício extra. 

“Este Tour é muito diversificado e a nossa passada é muito grande, já que jogamos ao longo da América Latina”, disse Jack Warfield, presidente do PGA TOUR Latinoamérica. “Eles jogam em um nível altíssimo e isso aperfeiçoa seu jogo, ainda mais competindo em diferentes culturas de várias partes do mundo. Assim, quando chegarem em um nível superior já vão estar preparados para ele, pois estão em um campo de treinamento adequado.” 

Bridgestone America's Golf Cup não apenas uniu os jogadores de outros países para compartilhar suas culturas, mas também os convocou para representar seus respectivos países. 

“Esta semana foi maravilhosa. Pelo geral, a cada semana jogamos individualmente. Mas esta semana jogamos em equipe representando nosso país”, disse o brasileiro Rafael Becker. “Gostei muito de conhecer jogadores de outros países. Zimbábue, Bolivia, todos estão aqui esta semana. Uma grande quantidade de americanos estão vindo para este Tour. Não estou apenas conhecendo melhor os caras que já conhecia, mas também estou conhecendo gente nova todos os dias. Cada vez vemos mais jogadores de outras partes do mundo.” 

“Acho que esta semana foi especial porque compartilhamos com um companheiro”, adicionou MacLean. “Se tornou ainda mais especial porque colocamos nosso país em um nível mais alto. Estamos representando a Bolivia como uma equipe e não apenas como um indivíduo.” 

O PGA TOUR Latinoamérica não coloca apenas um novo lugar no mapa, mas também faz com que novas partes do mundo sejam parte do mapa do golfe mundial. José Toledo e Pablo Acuña, que terminaram em sexto lugar esta semana representando a Guatemala, são os únicos profissionais deste país. Este ano o PGA TOUR Latinoamérica organizou o Stella Artois Open, em Antigua, em busca do renascimento da paixão pelo golfe neste país da América Central. 

“Ter um evento do PGA TOUR Latinoamérica na Guatemala foi como as grandes  Ligas para o meu povo”, disse Toledo. “Realmente ajudou a despertar o interesse pelo golfe. Foi incrível ter um evento lá.” 


Oportunidades, é isso que este Tour oferece. Deixar teu país e viajar para outras culturas. É ganhar em um lugar diferente, aprender coisas novas em cada país. É a chance de construir uma carreira, provar novos sabores e jamais esquecer tudo de bom que aconteceu neste caminho. 

“O objetivo neste Tour é continuar melhorando. Este Tour te ajuda de muitas maneiras para nos prepararmos para o próximo nível”, disse Brad Hopfinger dos Estados Unidos. “É com certeza se desenvolver como profissional, e é exatamente isto que estamos tentando fazer. Muitos de nós estamos longe de casa. Quando chegar no próximo nível poderei olhar para trás e agradecer o PGA TOUR Latinoamérica por isto.” 

Sao Paulo Golf Club Championship

Placar Online

Jogadores

Horários

Isto é PGA TOUR Latinoamérica

Horarios de Programación

Conecta con PGA TOUR LA

Instagram

Vídeos

Parceiros Globais do PGA TOUR Latinoamérica

 

1995-2019 PGA TOUR, Inc. | All Rights Reserved.

PGA TOUR, Champions Tour, Web.com Tour, PGA TOUR Latinoamérica, PGA TOUR Canada and the swinging golfer logo are registered trademarks.

© 2019 · All Rights Reserved · Golfmol Inc, Miami, FL, USA (golfmol.com)